LUTO - FALECERAM EM LISBOA O ESCRITOR FÉLIX SIGÁ E A JORNALISTA ROSETE REIS

Em dois dias consecutivos, a Guiné-Bissau perde duas figuras da Cultura e Comunicação social, Félix Sigá e Rosete Reis


Félix António Sigá encontrava-se internado desde passado mês de Fevereiro, no Hospital Pulido Valente, em lisboa, tendo morrido na quinta-feira, 09 de Julho, vítima de doença prolongada.

Sócio – fundador da Associação de Escritores Guineenses, AEGUI, Félix Sigá era autor do livro “ Arqueólogo da Calçada” entre outras obras e tinha diversos poemas dispersos em várias antologias. O autor deixou vários manuscritos por publicar.

E hoje, em Lisboa, faleceu a Jornalista guineense Rosete Reis, vítima de um Acidente Vascular Cerebral … AVC. Rosete Reis iniciou a sua carreira jornalística na Rádio Nacional da Guiné-Bissau, em 1991

Em 1997 foi trabalhar para a estação “Galáxia de Pindjiguiti” e em 1998 transitou a “ Rádio Bombolom “, onde permaneceu até 2012.
A Jornalista guineense também foi colaboradora da Rádio Renascença e a Voz da América.

Desde Julho de 2014 que Rosete Reis desempenhava as funções de Assessora de Imprensa do Ministro das Obras Públicas, colaborando, desde Janeiro de 201, com a Rádio Nacional a convite de Muniro Conté, actual Director - geral da RDN…

Rosete Reis tinha 48 anos de idade, era casada com o político guineense Amine Saad e deixa uma filha.
Fonte: GTV