QUOTIDIANO DA GUINE-BISSAU EM EXPOSIÇAO NA BIBLIOTECA MUNICIPAL DE ALBERGARIA

Durante o mês de outubro, a Biblioteca Municipal de Albergaria-a-Velha apresenta “SUL”, de Catarina Almeida, exposição de fotografia que revela as gentes e o viver da Guiné Bissau. A inauguração é no sábado, dia 3, pelas 16h30, e contará com a presença da autora.

A mostra, composta por 26 fotografias, surgiu da vivência da Albergariense Catarina Almeida em Guiné Bissau, onde residiu durante oito meses no âmbito de um projeto de voluntariado na área da educação. Entre 2010 e 2011 registou o dia a dia nas aldeias, conhecidas por tabancas, da região de Tombali, onde “a partilha de momentos da vida diária ficam para sempre no coração”.

O gosto pelas viagens e os projetos humanitários já levaram a autora a Marrocos, Mauritânia, Mongólia e China, onde aproveita para recolher imagens e histórias pessoais.

Catarina Almeida nasceu em Albergaria-a-Velha, em 1965, e licenciou-se em Manualidade Artística na Escola Superior Artística do Porto. Foi professora de Educação Visual, gestora de projetos e assistente editorial. Na área da fotografia, desenho e aguarela, colaborou nas edições “Rios de Portugal” e “Litoral de Portugal”, editados pelo jornal Público, e “Roteiros de Portugal”, no Expresso. Colaborou, ainda, na produção executiva do documentário “África Abençoada”, realizado pelo guineense Aminata Embaló.

Atualmente, dedica-se às artes plásticas, ao restauro e à fotografia na Casamarela, em Amarante, espaço de produção artística da qual é cofundadora.




"DJUMBAI" - EXPOSIÇAO DO ARTISTA PLASTICO SIDNEY CERQUEIRA







GUINÉ-BISSAU TERÁ NOVA REDDE ELÉTRICA FINANCIADA PELO BANCO MUNDIAL