DOMINGOS SIMÕES, VOLTA A GOVERNAR NA PRÁTICA?

O antigo primeiro-ministro da Guiné-Bissau Domingos Simões Pereira integra o novo Executivo cuja lista de membros foi entregue na manhã da ultima quinta-feira, 1, ao Presidente da República.

Fontes seguras garantiram que Simões Pereira deverá assumir a pasta de Ministro da Presidência do Conselho de Ministros e funcionará como vice-primeiro-ministro.

O Executivo de Carlos Correia tem 18 ministros e 17 secretários de Estado e deve ser empossado ainda hoje ou amanhã.

Aguarda-se, agora, pela aprovação de José Mário Vaz e a crispação continua entre a presidencia e o governo.

O Presidente da República demitiu o antigo primeiro-ministro Domingos Simões Vaz a 12 de Agosto e nomeou mais tarde Baciro Djá no cargo, mas o Supremo Tribunal de Justiça, enquanto Tribunal Constitucional, considerou o decreto presidencial inconstitucional, obrigando José Mário Vaz a convidar, outra vez, o PAIGC a indicar um novo Chefe de Governo.

Carlos Correia, de 84 anos, foi o escolhido.


Fonte: Voz da America 



CRISPAÇÃO CONTINUA ENTRE PRESIDENCIA E GOVERNO EM BISSAU






INDEPENDÊNCIA FOI A 42 ANOS