SEGUNDA VOLTA DAS PRESIDENCIAIS DISCUTIDA ENTRE JOMAV E NUNO NABIAN

A Comissão Nacional de Eleição (CNE) da Guiné Bissau publicou, hoje, os resultados definitivos das eleições gerais. Sem qualquer contestação, o PAIGC alcançou a maioria absoluta nas eleições legislativas ao alcançar 57 assentos parlamentares. Foi ainda confirmada a data para a segunda volta das eleições presidenciais que decorrerá no próximo dia 18 de Maio.

O Presidente da CNE, Augusto Mendes, anunciou hoje na sede da comissão os resultados do escrutínio realizado no passado dia 13 de Abril. Num acto eleitoral marcado pela taxa de abstenção mais baixa alguma vez registada na Guiné-Bissau; 11,4% nas eleições legislativas e 10,7% nas presidenciais.

Os resultados definitivos das eleições legislativas e da primeira volta das eleições presidenciais confirmam os dados já anunciados. O Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) alcançou a maioria absoluta, com 57 assentos na Assembleia Nacional Popular, o Partido da Renovação Social (PRS) conseguiu eleger 41 deputados, o Partido da Convergência Democrática (PCD), liderado por Vicente Fernandes, mantém os dois deputados e o Partido da Nova Democracia (PND), de Iaia Djalo, fica com um deputado bem como a União para a Mudança (UM), de Ângelo Regalo.

Quanto à segunda volta das eleições presidenciais, os guineenses voltarão a ser chamados às urnas no próximo dia 18 de Maio. O escrutínio será discutido entre o candidato mais votado, José Mário Vaz, mais conhecido como Jomav, do PAIGC, e Nuno Nabian, independente que contou com o apoio de figuras do PRS, explica o nosso correspondente em Bissau, Mussá Baldé.