LANÇADA EM BISSAU, REDE NACIONAL DOS DEFENSORES DOS DIREITOS HUMANOS

BISSAU 25/04/14 - A Direção da Rede Nacional dos Defensores dos Direitos Humanos (RNDDH), tomou posse hoje, numa cerimónia decorrida na Casa dos Direitos, no centro de Bissau.

A cerimónia, que foi presidida por David Vera Cruz, presidente da mesa de assembleia-geral constituinte, foi também testemunhada pelo Representante Especial do Secretário-Geral das Nações Unidas para a Guiné-Bissau, José Ramos Horta.

O presidente da nova organização, Fodé Mané, afirmou na ocasião que, uma das formas para se defender e promover os direitos humanos é a constituição de uma rede que seja capaz de permitir que todos quanto actuam na área, tenham a protecção.

José Ramos Horta, Representante Especial do Secretário-Geral da ONU para a Guiné-Bissau, defendeu que a rede simboliza a determinação e o compromisso pela defesa e protecção da dignidade da pessoa humana.

Para José Ramos-Horta, as Nações Unidas, conscientes dos riscos relativos ao papel do defensor de Direitos Humanos no mundo inteiro, adoptaram a 17 de Novembro de 2009, a Resolução 53/44, e também a Resolução 69 da Comissão Africana sobre os Direitos Humanos e Bem-Estar dos povos, que protegem os defensores dos Direitos Humanos em toda África.
.