ARRANCARAM AS OBRAS DE CONTRUÇAO DO PALACIO DA JUSTIÇA EM BISSAU

Esta é a imagem daquilo que será o futuro Palácio da Justiça da Guiné-Bissau e os edifícios ficarão prontos nos finais de 2014, depois de cerca de 18 meses em construção. As obras já tiveram início na zona de Brá, na periferia de Bissau, com perfurações do terreno.

O Palácio da Justiça terá cinco blocos com três andares cada, incluindo um edifício central com dois salões de julgamento. Estes edifícios vão albergar, entre outras instituições, o Supremo Tribunal de Justiça, a Procuradoria-Geral da República, o Tribunal de Contas e o Tribunal Superior Administrativo.

Fruto de um acordo assinado entre o governo de Transição da Guiné-Bissau e a República da China, o projecto é orçado em cerca de 10 milhões de Euros, revelou uma nota do Ministério da Justiça guineense. No acto da assinatura do acordo no passado dia 22 de Maio, o ministro da Justiça, Mamadú Saido Baldé, disse este projecto representar “a concretização de um sonho antigo que honrará o poder judicial” guineense.

O Palácio da Justiça da Guiné-Bissau fica situado ao lado do Palácio do Governo, uma outra obra construída com os apoios das autoridades chinesas. Nos últimos anos, a China construiu vários edifícios públicos no país, entre os quais a Assembleia Nacional Popular, o Estádio Nacional 24 de Setembro, o Hospital Militar de Bissau e uma outra unidade hospitalar na Cidade de Canchungo, no norte da Guiné-Bissau.

E foi também a República Popular da China quem está a conduzir as obras da recuperação do Palácio da República que se encontram na sua fase final.
. . .
.